Feliz Natal! (kyou, koi wo hajimemasu + compras + news)

Merry Christmas to everybody!
E não é que finalmente saiu esse Post de Natal? *—*
Trabalhei nele por bastante tempo.. Foi difícil de fazer.
Bom, espero que todos tenham ganhado bastante presentes, que sua Véspera tenha sido maravilhosa e que tudo de bom aconteca apartir de agora.
Natal é uma época em que nos unimos com as pessoas queridas para celebrar essa data linda.
Coisas ruins e problemas ficam para trás!
Sou suspeita para falar de Natal, já que eu amo essa época *—*
Nem dá para acreditar que o tempo passou tão rápido…
Já faz mais de 5 meses que eu criei o Dimichan, e sem abandonar ele.
Estou muito orgulhosa õ/
Dá pra acreditar que eu já traduzi 20 capítulos?
Nunca pensei que levaria algo tão a sério.
Tudo isso é graças a vocês, que sempre me apoiaram 😀
Poder estar continuando com o Dimichan, e com leitoras maravilhosas como vocês, é um ótimo presente de Natal *–*
Falando em presente… Eu não ganhei nada ainda Ç_____Ç
Bem, ganhar, ganhei né… Minha mãe me deu a assinatura por 6 meses da Sho-Comi (a revista que publica Kyou, Koi wo Hajimemasu no Japão). Foi bem carinha.. hahaha Mas no total, são 12 edições õ/
Acho que vou ganhar um iPod Touch 4° Geração. Coitado do meu.. É da Ç___Ç
Ok, chega de falar sobre mim, e vamos ao Post!
Espero que gostem *–*

———————————————————-

Como a prioridade do meu LJ é Kyou, Koi wo Hajimemasu, então vamos falar dele primeiro!

Trago para vocês, dois vídeos que já saíram faz um tempinho no Youtube, mas eu nem tinha percebido ¬¬’
O primeiro é um pouco dos bastidores do Dorama.
O segundo é um pedaço da música "If", com alguns Stills do Dorama.
 

Gostei muito das garotas. Elas são bem simpáticas, né?
Eu irei comprar esse DVD, já que parece que vai ser um "Material de Colecionador". Tipo, bem carinho (Sem o frete, é quase RS120,00), mas eu preciso *–* hahaha
 
Simpatizei com a música.
Geralmente, as J-Music que eu escuto são mais Rock (Kishida Kyōdan & The Akeboshi Rockets, Nightmare, Maximum the Hormone, etc)  ou J-Pop (AAA, Chieko Kawabe, Maon Kurosaki, Nojima Kenji, etc).
Nunca gostei de vozes (digo, nunca escutei nenhuma música assim) "girly girly all the time", mas essa é legal *—*
Gostei mesmo!

Outra notícia de Kyou, Koi wo Hajimemasu
O Fanbook já foi lançado no Japão *—*
O Amazon liberou a capa no dia 21. Nem preciso dizer que fiquei de plantão lá no site, né? hahaha
Aí vai:
 

A imagem não é nova. Na verdade, eu acho que é de 2009 :S
Pensei que a Minami ía fazer uma ilustração nova para a capa.
Na Sho-Comi #24, saiu uma página com algumas coisas que irão aparecer no Fanbook. Achei muito legal!
Assim que estiver disponóvel pelo HMV Online, eu comprarei *-*
Aí vão mais algumas fotinhas que saíram no Blog Pessoal da Minami Kanan:
 
———————————————————-

Lembram que eu falei que a capa da LaLa de Fevereiro ía ser de Vampire Knight?
Pois é. E ela é linda *————–*
Aii, acho a Yuuki tão fofa!

 
Ela já está disponível no HMV, então eu acho que irei encomendar essa semana.
Bem, sobre as minhas compras, eu falo depois 😀
Para quem quiser baixar a Raw do capítulo 67 de Vampire Knight que saiu nessa edição, aí está o link: SENDSPACE

———————————————————-

Gostaria de falar aqui no Dimichan, algo que está fazendo muito barulho: A Lei Anti-Otaku.
 


~ O que é essa lei?

O projeto de lei 156 que instaura a "Portaria Para Desenvolvimento Saudável da Juventude" (Youth Health Development Ordinance), também chamada nestes lados de "Lei Anti-Otaku" ou Lei da Juventude Inexistente", foi promovido pelo governo metropolitano de Tóquio. Essa lei visa proteger tal como promover o desenvolvimento saudável dos jovens proibindo qualquer conteúdo que possa ser "nocivo" para a educação correta dos jovens, o que inclui materiais que estimulem a sexualidade, encoragem a crueldade ou provoquem tendências suicidas/criminosas.

O objetivo principal da lei é atingir a recente enchurrada de séries lolicons (que mostram garotas muito novas em relacionamento maduros, como é o caso de "Kodomo no Jikan"), que contenham incesto (como é o caso clássico de Setsuna e Sara Mudou, de Angel Sanctuary) e ecchi (que possuem um nível mínimo de perversão mas não chegam a ser hentais, como Love Hina (nível leve) ou Ikkitousen (nível pesado)), podendo se estender para animes violentos pela forma na qual a lei é vaga sobre "o que é prejudicial ao desenvolvimento saudável dos jovens". Jogos também não ficam de fora dessa brincadeira.

O projeto de lei 156 teve sua revisão aprovada por um comitê em 13 de dezembro, sendo então aprovado no última dia 15 de dezembro pela assembleia de Tóquio (com apoio do Partido Democrático do Japão e do governador de Tóquio) e tornando-se uma lei que entrará em vigor completo a partir de 1º de julho de 2011 – sendo que as cláusulas de auto-regulação impostas sobre as editoras já entrarão em vigor a partir de 1º de abril.

O governador de Tóquio desde 1999, Shintarou Ishihara, é o principal encorajador da lei, dizendo quando esta foi aprovada que "os japoneses ainda tinham bom senso". O poder de decidir o que deveria ser publicado para menores e o que deve ser categorizado para maiores sempre existiu na legislação japonesa, sendo que esta lei apenas aumenta o escopo no qual o governo pode intervir para fazer aquilo que acha "o melhor" para o desenvolvimento saudável dos seus jovens.

~ O que vai acontecer?
A lei visa censurar ou até tirar do ar qualquer série que julgue contrária aos seus preceitos – seja ela em forma de anime, mangá ou uma reles imagem, exceto no caso de fotografias reais. O que acontecerá, no caso, será taxar esses conteúdos como "conteúdo adulto" (18+), o que vai diminuir bastante a visibilidade e o público-alvo dessas publicações e pode desestimular a publicação de novos conteúdos por parte das editoras, além de dificultar a exibição de novos animes na televisão porque o horário será extremamente restrito e lotado.

Isso tudo, obviamente, afeta diretamente a liberdade criativa dos autores, forçando-os a seguir regras que serão impostas às editoras de mangá. Estas, por sua vez, terão suas comissões de auto-regulação de conteúdo que estarão sujeitas a uma notificação governamental caso publiquem mais de seis obras em um ano que o governo considere "prejudiciais". Após esta notificação, caso haja mais alguma publicação desta natureza, o governador virá a público para expôr essa editora e humilhá-la para fazer com que distribuidores e retalhistas não apoiem mais a mesma.

Já existem casos de editoras que, por prevenção, estão orientando autores a mudarem a sua postura para se adequarem à nova lei.

~ O que pode ser proibido?
Séries que "glorifiquem" conteúdo incestuoso, "lolicon" e homossexual (a união homossexual não é legalizada no Japão) ou que contenham violência extrema (estupro, carnificina ou crueldade).

~ O que pode ser remanejado como conteúdo adulto (18+)?
Séries que contenham violência (leve a moderada) ou com muitas insinuações sexuais (ecchi).

~ Como isso nos afeta?
Não só se torna mais difícil obter material sobre animes e mangás na Internet como o material que virá ainda sofrerá uma grande censura no outro lado do mundo antes de ser lançado, o que pode alterar o padrão de certas séries.

~ Exemplos de séries que são afetadas
Por sorte, nenhuma do CLAMP ainda (exceto se houver relançamento de mangás como, por exemplo, Chobits e Cardcaptor Sakura, que podem ter seu conteúdo Chii x Freya (incesto e homossexualidade) e Rika x Terada-sensei (pedofilia) suprimidos). Entre alguns dos títulos que vou usar como exemplo estão:

● Mangás no estilo de High School of the Dead, que teria um relançamento em 2011 com páginas coloridas;

● Toda e qualquer série com conteúdo Yaoi/Yuri – uma vez que Shintarou Ishihara, o governador de Tóquio, declarou em público que homossexuais são geneticamente defeituosos e criaturas deploráveis e provavelmente usará a lei para atestar que séries destas categorias são responsáveis por "desvio sexual" dos jovens;

● Animes da última temporada como, por exemplo: Panty & Stocking, Ore no Imouto e Sora no Otoshimono.

~ Existe solução?
Existem possibilidades para contornar a situação, embora sejam bem improváveis.

A lei é restrita apenas à metrópole de Tóquio, que é onde ficam as sedes da grande maioria das empresas deste ramo. Ou seja, não é uma medida adotada pelo Japão inteiro ainda e empresas que façam publicação fora da metrópole não são atingidas pela lei 156. Entretanto, é altamente improvável que empresas já enraizadas na metrópole vão trocar de sede.

Outra possibilidade é algo recente e alternativo: a "exportação" de mangás do Japão em "tempo real" no mesmo estilo que o projeto "Mangettes", sendo publicado em múltiplas línguas pelas editoras de cada país em um curto período de tempo. Entretanto, é imprevisível se a indústria de mangás vai experimentar se aventurar em um projeto tão ousado após um golpe tão duro do governo de Tóquio.

~ E as editoras? O que fizeram?
Para quem acha que as editoras ficaram em silêncio, eis uma bomba: As 10 grandes editoras (Big 10) decidiram boicotar o evento Tokyo International Anime Fair (TAF) organizado em parte pelo – vejam vocês quanta hipocrisia – governo metropolitano de Tóquio. As editoras são Shueisha, Kadokawa Shoten, Kodansha, Shogakukan, Akira Shoten, Hakusensha, LEED Publishing Co. Ltd, Futabasha, Shinchosha e Shonen Gahousha.

O barraco está enorme: no dia 29 de novembro a Associação de Caturnistas do Japão e a Rede de Copyright para Autores de Quadrinhos do Século 21 anunciaram sua oposição ao projeto de lei. Após isso, numa reação em cadeia, o site Daily Cizo publicou uma carta às editoras pedindo para que boicotassem o evento, a Shueisha pediu para as empresas de animes que quaisquer mangás seus que tivessem animes não fossem exibidos (o que inclui TODAS AS OBRAS DA SHONEN JUMP, desde Dragonball Z e Rurouni Kenshin até Naruto e One Piece) e, para completar, o autor da série de mangá shounen Bleach, Tite Kubo, deixou seu apoio expresso às editoras nesse boicote em seu Twitter. Masahiko Ibaraki, editor-chefe do terceiro departamento editorial da Shueisha, mandou até um recado aos novos autores de mangá: "Não deixem que os calafrios dessa regulamentação parem vocês de fazerem o material que vocês querem produzir. JUMP vai mostrar qualquer coisa que achemos que é legal de ler".

Os prejuízos à imagem do TAF estão tão visíveis que o evento, datado para ocorrer em março de 2011, está na iminência de ser cancelado (junto com o Comiket) e fez com que o primeiro ministro japonês Naoto Kan criticasse publicamente o governador de Tóquio. "O desenvolvimento saudável da juventude é algo importante. Ao mesmo tempo, é importante que a animação japonesa seja transmitida para a audiência do mundo inteiro", disse.

~ É o fim do mundo?
Se você não faz questão de incesto, lolicons, homossexualidade ou violência extrema nos seus mangás, você não sentirá diferença quase alguma. Isso, claro, é caso a lei vá agir nestes pontos e somente nestes pontos. Como constatei antes, a lei é muito, muito vaga e abre margem para um sem-número de interpretações diferentes.

Fontes: CLAMPproject, AnimeNewsNetwork, Otaku PT, Gyabbo e Nerdrops

Bem, o que eu posso dizer…. WTF?!
Que frescura, que ignorância.
Concordo com semente uma coisa: Lolicon. Não curto esse gênero e deve ser uma super falta de respeito. Sexo entre um adulto e uma criança?
De resto, eu odiei tudo!
Como o próprio Syaoran (CLAMPproject) disse: "Homossexualidade não é uma doença, mas sim uma escolha individual. A homofobia é que é uma doença e sinto pena dos moradores da região de Tóquio por serem governados por um fascista sem escúpulo algum que nega até hoje seus crimes de guerra."
Para informação de vocês, fãs de Shoujo/Smut, muitos mangás que gostamos podem ser prejudicados.
Um exemplo que todos devem conhecer: Honey Honey Drops.
Esse mangá seria totalmente censurado. Tem cenas de humilhação sexual, quase-estrupo e etc.
Posso dizer que uma das editoras que mais sairía prejudicada é a Shogakukan.
Ela é dona das principais revistas Smuts do mercado japonês: Sho-Comi, Betsucomi, Cheese, PetitComi e ChuChu.
Não que essas revistas se resumam a estrupo, violência e talz. É só que ÀS VEZES, algumas autoras exageram. Igual a própria Minami Kanan, Mayu Shinjo e Kotomi Aoki, em vários de seus mangás anteriores, e muitas outras autoras que eu não lembro o nome ¬¬’
Cada um sabe o que lê, lê porque quer e gosta.
Bom, vamos torcer para que tudo dê certo!
Acho que as editoras irão conseguir por um fim nessa palhaçada õ/
SHONEN JUMP é demais, né? *—-*

———————————————————-

Nossa, eu vicíei em revistas japonesas Ç____Ç
Sempre que eu vou na Liberdade, eu compro uma.
Até agora, eu tenho 3 LaLa e 4 Sho-Comi.
Não são tão caras. As LaLa custam R$24,00 e as Sho-Comi R$18,00.
Para quem costuma ir na Liberdade e gosta de colecionar coisas assim, eu recomendo que comprem.
Eu gosto muito dos Furokus que vêm com as revistas. Um mais lindo que o outro *—* hahaha
Olhem as foto, e imaginem o espaço que elas ocupam no  meu quarto T___T
P.S.: Está faltando 1 LaLa e 1 Sho-Comi, pois eu tirei essa foto à duas semanas. Antiguinha tsc tsc


 

———————————————————-

Falando em revistas japonesas….
Eu comecei a aprender japonês. Exige muito esforço e concentração. –‘
O primeiro passo, é você aprender a ler, decorando, pelo menos, o alfeto Hiragana e Katakana.
Já decorei o de Hiragana, agora estou indo para o Katakana.
É legal você pegar uma revista e ler o que está escrito. Mas aí você fica: "Tá, eu lí. E daí? O que eles estão falando? FUUUU"
Pois é.. É assim que me sinto kkkkkkkkkkkkkkkk’
Mas isso é outra parte do curso, então eu vou ter que aprender os alfetos de cor primeiro.
Ariela, Ganbarimasu! õ/

Ah, para que quer saber, estou estudando pela coleção de livros "Aprenda Japonês Lendo Mangá".
É muito boa. Super recomendado!

———————————————————-

Como vocês já devem ter percebido, eu sempre faço uns acordos com a minha mãe HHSSHAUSUAHS’
Enfim, fiz um acordo com ela, em troca de um money. *—*
Ainda bem que consegui cumprir minha parte… Foi difícil ¬¬’

Vou usar parte desse dinheiro para fazer umas comprinhas de Natal.
Como sempre, no HMV Online.
Essa é a minha listinha: 

Kyou, Koi wo Hajimemasu #1
Kyou, Koi wo Hajimemasu #2
Kyou, Koi wo Hajimemasu #9 (Edição Especial com OAD)
Momo #4
Momo #5
Sailor Moon Deluxe Edition #2
LaLa Fevereiro 2011
Newtype Janeiro 2011

Queria pedir o Fanbook de Kyou, Koi wo Hajimemasu, mas ele não consta no site ainda Ç____Ç
Assim que chegar, tirarei muitas fotos õ/

———————————————————-

E finalmente, vamos aos releases!

Trabalhei duro e sofri muito para conseguir trazer esses capítulos de Kyou, Koi wo Hajimemasu para vocês. Uffa…
Primeiro eu tive que desmontar ele inteiro, depois escanear, depois fazer cleaning e etc.
Por mais que eu tentasse, meu cleaning não ficava tão bom, igual ao de grandes scanlators gringos por aí.
Resultado: Entrei em contato com uma Cleanner profissional gringa de um scanlator que eu amo. hahahaha
Ela foi super simpática e me deu várias dicas. *—-*

Trago 4 capítulos de Kyou, Koi wo Hajimemasu.
Mais 3, e terminamos o Volume 5 õ/

Kyou, Koi wo Hajimemasu

Capítulo 24

Capítulo 25

Capítulo 26


Capítulo 27

Senha para desbloquear os Downloads no Megaupload está nos comentários ;D

———————————————————-

Mais uma vez, gostaria de agredecer a todos que me acompanham.
Se eu continuo com o Dimichan e KKWH, é tudo por vocês, que estão aqui todos os fins de semana, lendo meus posts, comentando, e me dando forças para continuar com as traduções e edições, que são bem trabalhosas.
Espero que continuem comigo por muito mais tempo, e vamos terminar de ler Kyou, Koi wo Hajimemasu juntos! *————–*

———————————————————-

Antes de terminar o post, gostaria de fazer uma lista com as minhas apostas para mangás shoujo a serem lançados em 2011 no Brasil.
Espero que algum venha mesmo hahaha *—*

1° Kimi Ni Todoke
2° Sailor Moon
3° Sakura Hime Kaden
4° Momo
5° Algum da Wataru Yoshizume
6° Algum do CLAMP
7° Kaichou wa Maid-Sama!
8° Koukou Debut
9° Kyou, Koi wo Hajimemasu
(Sonhar nunca é demais Ç__Ç)

 
 

Acho que os mais prováveis dessa lista são Kimi Ni Todoke (é praticamente certeza!) e alguma obra do CLAMP.
Espero que a Panini nos pegue de surpresa novamente esse ano! *—-*

———————————————————-

Bem, agora eu encerro o post.
Desculpe se alguém esperava por mais Ç___Ç
É bem difícil fazer posts, quando muitas pessoas irão ler ele. hahaha
Dimichan voltou com seu ritmo normal. Posts todos os fins de semana õ/
Ah, e que tal eu trazer 2 capítulos de KKWH semana que vem? 😀
Comentem!
Desde já, desejo a todos um Feliz Ano Novo!
Beijos ;*
Ja ne!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s